quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Despite blogs

Acontece que eu sou um gajo mais ou menos distraído, vai daí, só me apercebi que andava a ler alguns blogs que se limitam a gozar com outros blogs, que não leio, quando me apontaram para o facto. E eu até gostava desses blogs, super-ativos, posts mais ou menos produzidos e com alguma piada. 

A questão é que, sendo mais ou menos distraído, ainda assim, depois de me apontarem o caminho, sou capaz de o seguir e um tipo acaba por identificar padrões. É que, a dada altura, eu já nem sei quem está a gozar com quem. E já agora, porquê. Porque se alguém escreve um blog profissionalmente e o comercializa, escapa-me a razão da sobranceria moral de quem quase com o mesmo esforço, às vezes mais, se limita ao escarnio e mal dizer.

Havia o macho sensível e o insensível, onde a coisa era descarada e só por isso já tinha piada. Já quando a coisa é mais ou menos subreptícia e se transforma num culto ao estilo, nós é que somos bons, acaba por ser um tudo nada... Hmmm... Ok, nojento para caraças. Ainda não sei bem porquê, mas faz-me lembrar miúdas do primeiro ciclo e as birras de amigas.

5 comentários:

Uva Passa disse...

Eu entao ainda sou pior. Nunca percebo nada disso. Já li num post qualquer que havia uma guerra na bloga, mas devo ser tão ingénua que passa-me tudo ao lado.

Gado Amarrado disse...

Não é para perceber Uva.
É para apagar a lista de favoritos e recomeçar tudo de novo.

Anónimo disse...

li o seu comentário no blog do Mais Salgado, e apreciei-o a ponto de vir aqui . Parabéns. Gostei muito deste seu post, vou ler mais uns quantos.

Maat disse...

não dá pra seres mais explícito? estas coisas passam-me sempre ao lado... damn! :)

Gado Amarrado disse...

Nem eu sei do que é que estou a falar. E depois riem-se todos muito e deixam frases a meio. É como se fosse necessário ter um guia de conversação para acompanhar a coisa.