quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Governo vai criar cursos mais curtos nos politécnicos

In Público

Com o claro objetivo de ofuscar a iniciativa "Novas Oportunidades", levada a cabo pelo anterior governo PS, que tanto fez pela qualificação da população portuguesa ao permitir que qualquer gajo começasse a atravessar uma rua com o antigo segundo ano do ciclo e chegasse ao outro lado com o ensino secundário completo, o governo PSD, obviamente inspirado no exemplo ministro Miguel Relvas, pretende que todos os portugueses frequentem o ensino superior. No entanto, como requisitos de acesso e para obter equivalências, desta vez basta saber respirar.

8 comentários:

Rosa Cueca disse...

Já nem sei bem o que dizer perante tanto amadorismo.
Cursos a qualquer custo, como se os que há muitas vezes não fossem já fáceis o suficiente.

Sawabona Shikoba disse...

Não há palavras nem pachorra!!
isto não tem mesmo melhoras!!

Maria D Roque disse...

... ( isto é o som do silêncio)... quem ontem viu os noticiários e viu o ridículo em figura de gente, compreenderá esta notícia...

http://www.noticiasaominuto.com/politica/47264/pol%c3%adcia-aconselha-ministros-a-mudar-agenda-por-raz%c3%b5es-de-seguran%c3%a7a

é que o balão vai enchendo, mas a borracha está gasta... não brinquem com a sorte...

Pedro disse...

Qualquer dia no quarto ano já se sai com um mestrado em tabuada que dará equivalência a um curso de gestão da Lusíada.

MisS disse...

Eu cá acho muito bem, tenho ainda muita parede para forrar com diplomas...

RCA disse...

No fundo estão a passar a letra de lei o que já se passa por aí... sim aí, ou vocês pensam que eu não sei como tiraram os vossos cursos?

Pedro disse...

Fala por ti. O meu foi tirado com grande sacrifício.....dos meus pais.

RCA disse...

:) idem.