domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sweet thirteen

As crianças são o futuro, o amanhã e coiso, o que até é muito bonito, não fosse o caso de crescerem e tornarem-se adolescentes. Tenho a certeza que na origem da espécie humana existiram exemplares que passaram diretamente dos três para os dezoito anos mas, por ironia da natureza, o processo de seleção natural obriga a que a malta treine algumas competências, nomeadamente aquelas que levam à reprodução, pelo que só vingavam os que passavam pela fase da parvalheira.

Aparentemente, no entanto, o mesmo processo de seleção não tem como requisito a saída da dita fase, porque só assim se compreende que alguém se tivesse lembrado que era boa ideia dar uma festa para adolescentes na sala do condomínio, superando-se ao deixar a coisa correr noite dentro.

E é assim que ontem à noite eu e a Outra Metade estamos a entrar para a garagem e vemos uma chusma de putos espalhados pelos jardins do condomínio, já de si um mau augúrio, claramente à procura de estímulos para combater o tédio...

5 comentários:

Pedro disse...

Não tenhas uma mente perversa pois deviam só estar a ver o luar.

RCA disse...

Há pouco vi uma miúda no parquinho a brincar com um balão. Espero eu...

Pedro disse...

Não me assustes. Lembra-te que vou ter uma míuda.

Salvador disse...

É pá, no meu tempo as festas eram na garagem dos amigos. Estou velho :)

Sílvia disse...

Eu chamava a polícia e ficava na varanda a ve-los dispersar feitos baratas tontas, ou a apanhar semelhante susto que faziam xixi nas calças!!!! BUAAAAHHHH (gargalhada maléfica!)

Thanks God eu vivo numa casa!
No entanto, soube aqui há uns anos que uns vizinhos viram alta cena porno na rua, um casal de ciganos (adultos), parados na rua, a fazer um ciganinho em cima do capô do seu veículo automóvel!!!
Interessante que ninguém lhes chamou a atenção!