sexta-feira, 2 de novembro de 2012

FMI já está em Portugal a preparar reforma do Estado, revela Marques Mendes

In Público

Em Portugal costumava existir uma "instituição" que era o Sócio Capitalista e o Sócio Trabalhador. Suponho que a coisa deve ter tido origem em genros que eram umas nódoas e passavam a vida a ser despedidos de todos os empregos e de sogros que até tinham uns tostões amealhados. Vai daí, os segundos financiavam aos primeiros a "montagem" de um café. Os sogros pagavam a coisa e o genros dobravam a espinha. Isto até deve ter tido variações mais complexas (quem sabe restaurantes, em vez de cafés) e neste modelo provavelmente até se fizeram algumas empresas engraçadas.

No fundo, era a versão lusitana dos Business Angels  e Venture Capitalists que proliferam pelos Estados Unidos e que levaram um dia um gajo dar por ele a olhar para dois tipos com um aspeto mal amanhado, enquanto perguntava sucessivas vezes "goolale? Guglo? Goal? Hein?  Ou um outro, que deve ter passado horas a tentar explicar que não, aquilo não era só para sacar gajas e que no máximo as fotos eram em topless.

Parece agora que os nossos sogros, o FMI, UE e BCE se fartaram da balda e já não acham piada nenhuma à ideia de oferecermos uma cerveja sempre que entra um bacano qualquer pela porta. Sei lá, a um amigo de infância, um primo afastado, um tipo lá do partido. Pelos vistos vão-nos dizer como é que a coisa, leia-se o país, passa a ser gerida, se é que não vão mesmo geri-la (e aqueles altinhos que se veem nos ombros e cotovelos dos fatos do primeiro ministro são para as argolinhas onde depois se prendem os fios).
Por mim está tudo bem, já estou habituado a ver o país ser humilhado na comunidade internacional e se estes gajos estão para se prestar a este papel, isso é lá com eles e até pode ser que daí venha alguma coisa de bom. Em todo o caso, se calhar não era mal alguém avisar os sogros que o problema não são só as cervejas à borla, mas aquele costume de alguns cafés terem uma sala nos fundos, onde só entram alguns, para jogar poker a dinheiro.

6 comentários:

CM disse...

Muito bom! O problema é que os problemas estão mais do que identificados, só que as soluções não agradam a quem têm que agradar...

Os meus parabéns pelo Blog, que descobri hoje apenas, mas do qual já sou fã :)

http://napontadamadeixa.blogspot.pt/

Pedro disse...

Se for para os pôr nos eixos, estilo pai, e não sogro, então que venham pois pior acho que já não pode ficar.O nosso fado é ser marionete de alguém Que o espetáculo, pelo menos seja melhor já que o bilhete que pagamos é muito caro.

RCA disse...

CM, bondade nos olhos de quem lê.
Vou espreitar o teu.

Maria D Roque disse...

Parece que é um crime de lesa Pátria chamar os bois pelos nomes...

RCA disse...

Maria

Maria D Roque disse...

Oooops... RCA, calma que um avatar é só um avatar !!!