terça-feira, 27 de novembro de 2012

Madeira gasta dois milhões nas iluminações e no fogo-de-artifício

In Público

Para quem ainda não percebeu, aquilo ali no ar é dinheiro a arder, que de uma maneira ou outra sai dos nossos impostos.

8 comentários:

Madeira.in disse...

pois mas por lá também há muitos professores, policias e muito mais que pagam impostos que vão parar ao continente...

Pedro disse...

Ui, Madeira in, estás mesmo out. Quem está a pagar o vosso "buraco"? Tornem-se independentes que nós agradecemos e depois gastem o dinheiro que quiserem, mas o vosso pois já estou farto de dar para tantos peditórios.

RCA disse...

Madeira.in, eu até sou gajo para falar na independência, ou lá o que é, mas no gozo. Assim a sério, sou gajo para dizer investigação judicial, processos crime e prisão.

Em todo o caso, a independência era chato quando Portugal ainda era um país pescador. Agora que não pescamos pevide, a zona económica exclusiva não serve para nada, por isso é melhor não falarem muito nisso, porque por aqui a malta anda numa de cortar despesa.

Anónimo disse...

Madeira.in: os impostos da Madeira ficam na Madeira, não vêm para cá!

E para além disso, vocês ainda precisam da ajuda do Continente que todos os anos vos dá uma apetitosa fatia do OE... Depois é o que se vê: o pessoal do Continente é isto e aquilo e vocês têm mais é que ter fogo de artifício à grande e patati e patatá. Por favor!

Anónimo disse...

Para mim e sem brincadeiras, das duas uma: ou a independência da Madeira ou o fim da autonomia. Ou bem que são Portugal e seguem as mesmas políticas (incluindo as fiscais) ou então, passar bem e sejam felizes (sem ressentimentos)...

Sílvia disse...

Concordo com a maioria, obviamente, não fosse eu do continente!

Achei um piadão ao trocadilho do Pedro, Madeira.in, out e coisa!!

Mas, é impressão minha ou a coisa aqui tem andado meia para o pesada nos comentários?!

Lux disse...

Com comentários como "os impostos da madeira ficam na Madeira" nunca mais viam tusto do continente.
Amanhem-se.

Lux

Anónimo disse...

E o fogo de artifício de Lisboa e do Porto? Sai do bolso de quem? Mas por que carga de água só vos incomoda o da Madeira?

Que gente pequenina...