terça-feira, 6 de novembro de 2012

Obama ou Romney

Estamos a horas de saber quem é que vai ser o novo líder do mundo livre. E por livre entenda-se sujeito aos caprichos e desvarios do tal líder, normalmente um tudo nada dados a invasões de países produtores de petróleo. 

Estranhamente, são sempre países que ficam a 10000 kms de distância, mais coisa menos coisa. A maçada é que a malta do médio oriente tende a levar isto a mal e como não tem bombardeiros ou mísseis de longo curso, depois entretém-se a explodir-se por tudo o que é capital europeia. Pode ser coincidência, mas a Venezuela está mesmo ali ao lado e o Hugo Chávez, esse grande democrata (deve pensar o  Bernardino Soares) que passa a vida aos gritos a insultá-los, para além de também ter sido apanhado pela epidemia de cancro que aflige os presidentes de esquerda sul americanos, continua a fazer o que lhe dá na real gana e não se passa nada, zero, nicles.

Por mim tudo bem, que eu também não gosto de me chatear com os vizinhos e prefiro chibá-los à administração do condomínio, mas sempre podiam ter um bocadinho mais de tomates. É que durante anos toda a América do Sul parecia uma grande ditadura militar (para fins de argumentação, vamos fazer de conta que agora são democracias) e os gajos não mexeram uma palha. Basta um líder do médio oriente chatear-se de manhã com a mulher (porque ela descarregou o autoclismo enquanto ele estava no duche) e sair de casa aos gritos todo molhado, ainda embrulhado no lençol de banho e com uma toalha enrolada na cabeça, que passados dez minutos tem a capital em escombros e o exército transformado em sucata.

7 comentários:

Sílvia disse...

"esse grande democrata (deve pensar o Bernardino Soares)"... Lol
Esse Bernardino é um brincalhão! Mas melhor ainda é a gaja dos verdes, a "Heloísia" (gosto mais do nome com dois is!), mal ela fala dá-me logo nos nervos, com aquela vozinha de rouxinol!

Mas digo-te que o Dininho (possivel nome carinhoso usado pelos amigos do Bernardino!) têm que ser um gajo extremamente inteligente, que ele é pouco mais velho que eu, e aos anos que eu o vejo no parlamento, em lugar de destaque, só pode ser pela extrema competência!! Ou então pelos seus lindos olhos, quem sabe!!

Sílvia disse...

Ah afinal ele é mais velho do que eu pensava(fiz mal as contas, ups!! Mas só me enganei por 10 anos!!). Dino perdoa-me!!

Maria Luís disse...

Ah pois não, com a Venezuela eles não se metem, 1º porque o Hugo Chavez não é para brincadeiras e depois porque 65% do petróleo importado dos USA vem de lá. Talvez fizesse cá falta por uns tempinhos um Chavez pois os Bernardinos cá do sítio não conseguem nada. Sei que não é um grande democrata, mas os nossos serão? Estaremos agora a viver uma democracia? Se estamos, eu não gosto desta democracia para o meu país.Basta podermos dizer mal do governo, encher as redes sociais com coisas sem graça nenhuma que até já enjoam para ser uma democracia? Ter voto livre, quando sabemos que não é tão livre assim? Não será isto que devíamos querer mas o povo português é acomodado por natureza e basta o seu clube ganhar ao domingo, haver descontos de 50% em qualquer hiper, que já está feliz e esquece que 2013 está à porta e que soluções ninguém apresenta. Mesmo assim votava Obama.

Limited Edition disse...

Os americanos nunca fizeram nada na América do Sul? Então e o apoio que deram às ditaduras? Por exemplo o golpe de estado de Pinochet em 73? O argumento da democracia pode ter muitos contornos, na altura os americanos "só" queriam menos comunistas como vizinhos...

Anónimo disse...

Eles ainda são como os nossos velhinhos pós 25/4 têm pavor dos comunistas. Talvez sejam, também os únicos que lhes fazem frente e não lhes lambem as botas.

Maria D Roque disse...

Uma Operação Condor quem sabe agora já dói ???

RCA disse...

É pá, eu já não sei nada, porque tenho quase a certeza que houve quem defendesse o Chávez. Ponham-se com merdas e vão ver como elas mordem...