domingo, 4 de novembro de 2012

Domingo

Estou a assar um robalo bem gordinho, daqueles de mar a sério, que a sogra arranja disto de fonte segura, acompanhado com batatinhas (no fim ligo sempre o ventilador, que é para tostarem um bocadinho).

Para a sobremesa, também está no forno um Crumble de Maçã, à minha maneira, que é um bocado aldrabada. Maçã laminada num Pirex, regada com Vinho do Porto (ou Martini ou qualquer merda com álcool, mas doce) e sumo de laranja (sim, eu sei, se ponho sumo de laranja, o álcool até podia ser puro ou Vodka). Cobre-se a coisa com Bolacha Maria esmagada e misturada com manteiga amolecida. No fim, volta-se a regar com sumo de laranja e forno. Obviamente, servir acompanhado de gelado de nata ou baunilha.

E era só, obrigado...

12 comentários:

Maria D Roque disse...

Bolacha Maria é que não... tens alguma coisa contra massa areada? Qualquer porcaria de blender faz num minuto...

RCA disse...

Bolacha... Maria... é direto.
Fala-me da massa areada, que eu gosto de aprender (quantidades para duas pessoas).

Maria D Roque disse...

Ingredientes (4 pessoas):
100g de farinha
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio(fermento Royal)
50g de manteiga refrigerada (cortada em pedaços)
3 colheres de sopa de açúcar
Quem gosta põe também um bocadinho de canela.
Ou amassas á mão ou num bleder ( não bater muito tempo) e já está

RCA disse...

Ok, obrigado. Mas é açúcar amarelo não é? Qual o interesse do fermento?

Agora uma perguntinha, já experimentaste com Bolacha Maria?

Maria D Roque disse...

Pode ser açócar branco se não gostares do sabor do açúcar amarelo. O fermento faz a massa expandir um bocado no forno. Bolacha Maria é um bocado artificial para estas coisas, que são tão boas feitas da maneira tradicional...

Maria Luís disse...

2 maçãs verdes ou 3 reinetas.
4 colheres de sopa de açúcar
3 colheres de sopa de vinho do porto ou madeira
canela a gosto ou um pau de canela
cobertura
150g de farinha
150 g de açúcar
100 g de manteiga
50 g miolo de amêndoa (facultativo mas fica ótimo)
1 gema
corta-se as maçãs em fatias finas, junta-se o açúcar, a canela e o vinho do porto e envolve-se bem. Põe-se num recipiente, tapa-se com papel de alumínio e vai ao forno a 200º até a maçã ficar cozida e macia (+ ou- 30m)
Cobertura
bate-se bem todos os ingredientes, põe-se por cima da maçã e vai a gratinar
Ah, tens irmãos descomprometidos e que também vão para a cozinha? Há mulheres com sorte.

Pedro disse...

Isto é que é um blog a sério. Temas variadíssimos: política nacional e internacional, futebol, religião, viagens, cinema, música e agora até culinária. Estou a ver-te a escrever sobre moda, a colocar uns looks com calça amarela combinada com camisa às riscas verdes com preços e onde se compra (isto faz-me lembrar alguém).Falas, falas mas então robalo ao almoço e não de "estufa". Se o Gaspar te ouve (lê)aumenta-te já o imposto. Enquanto isso, outros comem uns jaquinzinhos e já é muito bom. E depois dizem que as sogras são umas bruxas e tal e coiso.
Sílvia, amor, quando me fazes um doce? Pode ser sonhos para continuar a sonhar acordado.
E estejam à vontade, podem continuar a trocar receitas que cá a malta agradece.

RCA disse...

Serviço público meu amigo. Serviço público.

Vejo-me é lixado para arranjar jaquinzinhos pá.

Maria Luís, o meu irmão casado era gajo para alinhar na sua receita. Também era gajo para fazer Robalo ao Sal. Já eu sou mais comida mediterrânica ao estilo fast food. Se a coisa começa a dar muito trabalho, desmotivo. Vai daí, o bacalhau com natas leva batata palha do continente.

Maria D Roque disse...

Pah, os jaquinzinhos são quase tão caros como os robalos... E pior, não os há... Amanhã mando-te um desenho com o Gasparzinho para fazer em Ponto Cruz. Até.

Sílvia disse...

Isto está a ficar... creepy!!

"Pode ser sonhos para continuar a sonhar acordado."... Ui, isto bateu no fundo!!
Jamais cozinharia, muito menos doces, para um benfiquista, a não ser algo com uma pitada de cianeto!! Lol

Mas terei todo o gosto em fazer algo para o pimpolho/a, afinal vou ser a madrinha virtual (desde que isso não envolva dinheiros, que o meu afilhado já me dá despesa que chegue!)!

Pedro disse...

Forreta, Sílvia. Nem um par de meias? E vai já te mentalisando que o teu/tua afilhado/a vai ser benfiquista logo que nasça, nem que seja à força. Filho "andrade" era castigo.

RCA disse...

Pá, vocês não se incomodem. Façam de conta que não estamos aqui!