quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Francisco Louçã abandona o Parlamento

In Público

E o país, não? Ok, um gajo também não pode querer tudo.

4 comentários:

Limited Edition disse...

já fui ao site da easyjet procurar um bilhete baratinho para ele se meter num avião longe daqui! temos que ser uns para os outros, não é? ;)

Sílvia disse...

Resumindo, arranjou um tacho melhor!! Juntando à reforma de deputado, mais o facto de não ter que aturar os coleguinhas na AR... compreendo-o!!

RCA disse...

Parece que não. O tipo diz que não vai com subsídios ou reformas do parlamento... ainda.

Luís M. disse...

Vem sem subsídios nem reforma e como os outros tinha direito. Vai continuar a ser professor catedrático, se quiser, mas esta saída um pouco inesperada (para ele e seu partido não devia ser)traz água no bico. Como diz que não vai abandonar a política, ou vai trabalhar na retaguarda ou vai mesmo "dar a cara" o que não podia fazer como deputado. Peço desculpa por não estar de acordo mas fazem falta muitos Louçãs neste país e espero que não se reforme da política.
Ao 1º comentador, peço-lhe para arranjar bilhetes para todo o governo, só de ida e para bem longe (Síria, Irão, não é que sejam assim tão longe, mas ficavam lá bem).
LM Braga